quarta-feira, 1 de maio de 2013

Panacéia


Hoje quero falar sobre a Panacéia!
Escolhi este tema, porque sei que muitas pessoas se confundem quando ouvem esta palavra. Pude perceber isto durante as minhas andanças fadísticas e bruxísticas rs. Fiz um post esses dias em que esta erva está presente, confira aqui.
Então, bora lá esclarecer! Mas uma coisa todos vão perceber, o que você achava que era, também está certo.

Deusa Panacéia

Na mitologia grega Panacéia (ou Panacea em latim) era a deusa da cura. O termo Panacéia também é muito utilizado com o significado de Remédio para todos os males.
Asclépio (ou Esculápio para os romanos), o filho de Apolo que se tornara deus da medicina, teve duas filhas a quem ensinou a sua arte: Hígia (de onde deriva higiene) e Panacéia. O nome desta última formou-se com a partícula compositiva pan (todo) e akos (remédio), em alusão ao fato de que Panacea era capaz de curar todas as enfermidades.
A tradição médica fez com que o nome de Panacea, sua irmã, seu pai e seu avô Apolo figurassem no juramento de Hipócrates, que era formulado até há poucos anos pelos médicos no momento da sua graduação.

Exemplos de como a palavra é usada no cotidiano:
* Minha avó tem uma pomada caseira que é uma panacéia.
* Tenho um medicamento que resolve enjoo, azia, dor de estômago, é uma verdadeira panacéia.
*A fusão daquela empresa foi uma panacéia.
Panacéia - Solanum cernuum

Descrição : Planta da família das solanacear, arbusto grande e perene, ramos com pêlos pardacentos e compridos; folhas alternas, oblongas e coriáceas; fruto baga globosa e amarela. Arbusto que medra nos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Folhas grandes, alternas, obo-vais, pecioladas. Flores em cimeiras. O fruto é um baga lisa, amarela.

Origem : América do Sul.
Plantio : Multiplicação: por sementes e estacas do caule ou raiz;
Cultivo: Planta brasileira, ocorre em todo o país, principalmente ES, MG e BA. Prefere solos secos e arejados, arenoargilosos e com alguma matéria orgânica. O plantio deve ser feito no início da primavera em espaçamento de 1 metro entre plantas.
Colheita: Colhem-se as folhas o ano todo.
Propriedades : Hemostática (raiz), desobstruente do fígado (folhas e flores), sudorífera, diurética e depurativa. Usada para moléstias de pele e reumatísmo.

Indicações : As folhas torradas substituem o chá da índia, é calmante do coração, as folhas frescas são forrageiras. desobstruir o fígado, provocar suor, depurar o sangua doenças de pele e reumatismo.

Principios Ativo : Sem referência até o momento.

Modo de Usar :
Infusão de 1 colher de sopa de folhas flores em 1 xícara de chá de água. Tomar 2 a 3 vezes ao dia é diurético.
Decocção de 1 colher de sopa de raízes em 1 xícara de chá de água, tomar 2 a 3 vezes ao dia.

Flores e Luz.

(Fonte: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/panaceia.html)





2 comentários:

Leonardo Oliveira disse...

Oi, Mônica!
Gostei muito da sua postagem! Eu nunca tinha ouvido falar desta erva, mas fiquei muito feliz em encontrar esta postagem impecável falando sobre ela.

Um beijo, http://umleitoramais.blogspot.com.br/.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Obrigada Leonardo!
Sua visita é uma honra.
Beijinhos.

Flores e Luz.