domingo, 27 de fevereiro de 2011

Vibração

Gosto de me perder, assim me reencontro
Gosto que o vento brinque com meus cabelos e meus pés me guiem por caminhos bonitos
Assim meu sorriso cresce e minha menina dança.
Gosto de sentir o sol aquecendo a pele e o amor me espiando
Assim minha alma agradece e
conforta-se.......

Gosto de ver como as coisas são transitórias, mas são as mesmas
Os grãos de areia mudam com o vento, se reagrupam e ainda assim são dunas....
ou são o caminho, a margem ou o fundo do mar....
Há beleza na desconstrução.....
Sou um grãozinho, uma gota.... sou o universo.
Pretensão?
Não. Sensação....

Meu corpo sente o peso da caminhada,
mas assim, só assim
Minha alma vibra o sentido de estar aqui.........
Fragmentada ou inteira.


Flores e Luz.



(Autora: Carolina Salcides)

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Oi pessoal!
Ganhei estes selinhos todos da Dri e agradeço de coração pelo carinho.
Passem lá para fazer uma visitinha, ela faz mandalas maravilhosas!
Beijinhos.


Muitas realizações e acontecimentos maravilhosos!



Estou enviando uma plantinha para você.
Uma plantinha chamada de Amizade!
Você deve regá-la dia após dia com palavras
de Carinho e Sinceridade;
adubá-la com
Respeito e Dedicação.
E deixar que o sol do amanhecer ilumine
e aqueça suas raízes para que cresça
sempre Forte e Bonita!
Essa plantinha, quando nova, pode
aparentar sem importância, ou
até mesmo sem vida...
Mas, quando começar a crescer, você
perceberá que suas flores são Lindas
e suas raízes, Fortes e Profundas!
Por isso trate a Plantinha da Amizade com
muito cuidado, não deixando de adubá-la
jamais, pois se isso acontecer...
Ela poderá morrer sem ao menos te dar
a chance de mostrar a Essência mais
Linda que essa planta possui:
A Verdadeira Amizade!
Dedico estes selinhos a todas as flores, rosas e cravos que aqui passam. Quem quiser levar consigo a sementinha da amizade, fique à vontade para pegar.
Flores e Luz.






terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A Dançarina

Quero compartilhar este lindo trecho do livro "O Viajante" de Khalil Gibran, a tradução é de C. Offner.

"Um dia, veio à corte do Príncipe de Birkasha, uma dançarina e seus músicos...e ela foi aceita na corte...e ela dançou a música da flauta, da cítara e do alaúde.

Ela dançou a dança das chamas e do fogo, a dança das espadas e das lanças; e ela dançou a dança das flores ao vento.

Ao terminar, virou-se para o príncipe e fez uma reverência. Ele então, pediu-lhe que viesse mais perto e perguntou-lhe:
"Linda mulher, filha da graça e do encantamento, de onde vem tua arte e como é que comandas todos os elementos em seus ritmos e versos?"

A dançarina aproximou-se, e curvando-se diante do príncipe disse:
"Majestade, respostas eu não tenho às vossas perguntas. Somente isso eu sei: a alma do filósofo vive em sua cabeça, a alma do poeta vive em seu coração, a alma do cantor vive em sua garganta, mas a alma da dançarina habita em todo o seu corpo."
Flores e Luz.



Grata

Quero agradecer as flores tão carinhosas que me deram estes selinhos:

Este eu ganhei da querida Janaína, talentosa artesã:


E este ganhei da doce Camila que tem um blog muito interessante sobre livros e cotidiano:


Obrigada flores lindas pelo carinho.
As minhas outras flores, rosas e cravos que sempre passam por aqui, passem lá para conhecer o blog das meninas.
Beijinhos.

Flores e Luz.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Afinal, seu Signo mudou? Descubra.

Senta que lá vem história! rs.

Recentemente astrônomos de Minnesota, nos EUA, afirmaram que a precessão dos equinócios teria mudado o alinhamento das estrelas e, consequentemente, os signos do zodíaco.
No entanto, é importante esclarecer que existe uma diferença entre constelações e signos.
As primeiras se movem na esfera celeste e podem mudar de lugar, mas os signos são fixos.
Para você entender melhor, imagine que uma faixa circular é projetada a partir da Terra e dividida em doze setores iguais. Isso é o que astrologicamente chamamos de "signos zodiacais". Os signos, para a Astrologia, são geométricos. Mas como algumas constelações celestes levam o mesmo nome dos signos astrológicos, muita gente confunde e acha que signos e constelações são a mesma coisa.
Por esse motivo, seu signo não mudou, justamente porque nunca foi uma constelação.
Os signos da Astrologia são trópicos e não constelacionais.
Dizer que alguém é Ariano, por exemplo, não tem a ver com o fato dessa pessoa ter nascido enquanto o Sol passava pela constelação de Áries. O que acontece é que, neste nascimento, o Sol transitava pela zona geométrica que, para a Astrologia, corresponde ao signo de Áries.
Mesmo que tal informação quebre o romantismo de uma noite estrelada, é preciso entender que a constelação e o signo astrológico de Áries são dois assuntos completamente diferentes.
Deste modo, você já sabe a resposta quando ler por aí que o seu signo mudou ou quando se deparar com pessoas que acreditam que a Astrologia usa os signos errados.

Desvendado o mistério!

Flores e Luz.


(Página do Yahoo: Astrólogo Alexey Dodsworth)

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

As Ondinas


ONDINAS

Assim como os gnomos tem suas funções limitadas junto aos Elementos da Terra, os Elementais da água - as Ondinas - atuam na Essência Invisível e Espiritual, O Éter Úmido.
A beleza é uma característica comum aos Elementais da Água.
São sempre cheios de graça, simetria, onde quer que sejam encontradas, representadas na arte, em esculturas.
O Elemento Água sempre foi identificado como sendo um símbolo feminino,porém é muito natural que os Elementais da água sejam simbolizados como fêmeas, porem existem ondinas machos.
As Ondinas, estão sub-divididas em vários grupos, algumas habitam as cataratas, Mares, onde podem ser vistas entre os vapores, outras habitam os Pântanos, Brejos e Charcos, outras ainda habitam em Lagos de Montanhas.
De um modo geral, quase na totalidade, as Ondinas são muito parecidas com seres humanos, tanto na sua forma, como tamanho.
As que habitam os Rios e Fontes, tem proporções menores. Normalmente vivem em Cavernas de Corais, nos Juncais, às margens dos Rios ou das Praias.
Elas são antes de tudo, seres emocionais, amigáveis com os humanos.
Muitas vezes, são representadas cavalgado Golfinhos e em outros grandes Peixes, essas Sereias tem um Amor muito grande pelas flores e plantas, às quais servem de maneira tão devotada e inteligente quanto os Gnomos.
Antigos poetas diziam que o canto das Ondinas "O Canto das Sereias" eram ouvidos no vento Oeste, e que suas vidas, eram consagradas à beleza da Terra Material.
As ondinas colaboram para a manutenção de nossos corpos astrais.
Despertam e estimulam a natureza emotiva.
Realçam nossas intuições psíquicas e respostas emocionais.
As energias da criação e do nascimento, assim como a premonição e imaginação criativa, pertencem a seu domínio.
Também nos ajudam a absorver, digerir e assimilar as experiências da vida para que façamos pleno uso delas.
Além disso, é graças a elas que sentimos o profundo êxtase presente nos atos vitais criativos, seja de natureza sexual, artística ou até no cumprimento dos deveres com o toque emocional adequado.
A conexão insatisfatória com nossa ondina pessoal e demais seres do reino das águas gera distúrbios psicológicos, emocionais e até psíquicos. A compaixão faz-se ausente. Deixamos de confiar em nossa intuição e desenvolvemos um medo desenfreado da dor. Pode não acarretar a total perda da sensibilidade, mas nos fará parecer frios aos olhos alheios. A falta de simpatia, de empatia e de amor à vida invariavelmente refletem falta de entrosamento com as ondinas e demais espíritos desse elemento, os quais dirigem nossa atividade emocional.
A ruptura com esse equilíbrio harmônico aumenta a presença de toxinas no organismo, pois o elemento água já não flui livremente para desempenhar sua função purificadora.
Por outro lado, uma ligação exagerada com tais elementais pode nos afogar emocionalmente, tornando-nos contraditórios nos sentimentos.
A retenção de água no organismo é um bom indício físico de que isto está acontecendo.
Quando tal ocorre, passamos a maior parte do tempo concentrados em nossos pensamentos.
A imaginação torna-se pronunciadíssima e evidencia-se nas ações uma tendência ao extremismo. O excesso do elemento água nos torna compulsivamente passionais, além de gerar exagerada sensualidade, medo e isolamento. Passamos a dedicar grande parte do tempo a anseios e delírios emocionais, em detrimento de ações concretas. Disso resulta uma acentuada sensação de vulnerabilidade.


A MAGIA DA ÁGUA

A água é essencial para a germinação das sementes, por isso, elas são tradicionalmente utilizadas como símbolo do poder mágico deste elemento que está ligado às emoções e às questões afetivas em geral.
Este generoso elemento empresta seus dotes de ternura aos demais, amenizando o fervor necessário a um pedido destinado ao Fogo, ou abrandando a rigidez e sistemática de um ritual voltado à Terra e até mesmo incluindo prazer e fluidez a um ritual voltado ao intelectual elemento Ar.
Como todos sabemos água é um exímio condutor de energia, mas isso não resume-se somente a energia física, tátil, mas também a energia espiritual contidas em tudo que existe no universo, por isso é muito comum a presença de um recipiente com água em atos mágicos, pois este cria uma "ponte" entre o ser que executa, o universo e o objeto reivindicado durante o ritual.


CORRESPONDÊNCIAS DO ELEMENTO ÁGUA

PONTO CARDEAL: Oeste;
ELEMENTO: Água;
ELEMENTAIS: Ondinas, Sereias;
CORES: Azul ou Prata;
PERÍODO: Crepúsculo;
INCENSOS: Mirra e Rosas;
CHACKRA: Cardíaco;
USO RITUAL: Conquistar e manter boas amizades, Cura, Fertilidade, Amor, Casamento, Família, Bons Sonhos, Abrir e aumentar o canal da intuição e Purificação das emoções.

"Lembre-se, todo ser vivente tem sua natureza, sua índole e merece respeito! Nunca escravize um elemental! Sempre que resolver invocá-lo, seja pelo motivo que for, faça-o com respeito de preferêcia com propósitos que levem ao crescimento mútuo...Não faça ou deseje ao outro o que não quer para si mesmo".

Flores e Luz.



(Fonte: Magias de Luan)






quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Salve Iemanjá!

Salve Senhora, Rainha das Águas, Mãe de todos.
Abranda o coração do Ser Humano.
Que tuas águas lave o mundo da miséria e da ignorância.
Sei que tens mostrado, como Mãe Sábia que és, os erros que teus filhos cometeram ao pensar que podiam subjugar a natureza.

Iemanjá é sincretizada com a Virgem Maria sob dois aspectos:
Nossa Senhora dos Navegantes ou Candelária.
Seus devotos lhe prestam homenagem no dia 02 de fevereiro, com flores brancas, perfumes, jóias prateadas, à beira-mar.
Se você não está proximo ao litoral, acenda uma velinha em casa (azul, branca ou prateada), reverencie esta Mãe Amorosa e faça seus pedidos. Ela protege as famílias, traz harmonia para o lar, equilíbrio para a mente e serenidade para resolver questões emocionais.
Se não tens costume de conversar com ela, apenas entregue os aspectos negativos de sua vida e de sua personalidade, para que sejam lavados nas águas do Mar Sagrado, pelas mãos de Nossa Mãe e diga que re-conhece o seu Poder e sua Força.

Oração:

Poderosa força das águas,
Inaê, Janaína, Sereia do Mar,
Saravá, minha mãe Iemanjá!
Leva para as profundezas do teu mar sagrado
Odoiá... Todas as minhas desventuras e infortúnios.
Traz do teu mar todas as forças espirituais,
Para alento de nossas necessidades.
Paz, esperança...
Saravá, minha mãe Iemanjá!


Flores e Luz.



(AD)

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Feliz Lammas!

Lammas/Lugnasadh Comments

Possa este Festival de Lammas,
Trazer-lhe as bênçãos da colheita e saúde,
Trazer-lhe alegria,
e todas as coisas boas para encher seu coração.

Flores e Luz.