terça-feira, 10 de abril de 2012

Curando a Alma Feminina

Somos irmãs de jornada, cantando todas como uma só.
Lembrando os antigos caminhos, as mulheres e sua sabedoria,
Somos irmãs de jornada, cantando à luz do Sol.
Cantando na noite escura,
A cura começou, a cura começou.

- Canção tradicional dos círculos de mulheres norte-americanas -

Flores e Luz.

8 comentários:

Socorro Melo disse...

Oi, Mônica!

Que nos afinemos e cantemos a mesma canção, juntas, como uma só, em prol da liberdade de todas, né?

É um prazer estar aqui minha amiga, para me enlevar com mensagens tão belas e ternas, e para agradecer a sua gentileza e carinho de sempre por mim. Você também me é muito cara, viu!

Paz e Bem!
Socorro Melo

irene alves disse...

Não sei se soube da morte da Glorinha
de Lion a semana passada.
Sei que ela tinha o seu blogue
registado como blogue que seguia.
Fiz uma pequena homenagem através
de um vídeo que coloquei no Youtube
Glorinha Lion se quiser ver.
Um beijinho
Irene

Isadora disse...

Mônica, minha amiga adorei receber o seu e-mail e já te respondi. Aproveitei para criar um novo blog, pois o enedereço anterior, por algum motivo não deixava que as pessoas vissem as atualizações. Caso você possa passar e me visitar adorarei.
Precisamos muito de cura e não só para o físico, mas para alma. Essa muitas vezes sofre demais.
Beijos

Irene Moreira disse...

Monica
Desculpe só agora vir até você respondendo a sua pergunta sobre a passagem da Glorinha.

Infelizmente não sei detalhes e soube de seu falecimento pelo Facebook.

Sabia que estava doente e que iria se fastar para se tratar. Em seu último post no seu blog Café com Bolo ela deixa uma mensagem muito bonita e emocionante para todos.

O que posso dizer é isso e que descanse em paz.

Beijos

Fabiano Mayrink disse...

ser mulher é um dom e é para poucos! abraços ;)

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Socorro minha linda, um beijãozão no seu lindo coração flor.


Irene Alves, fiquei sabendo sim flor, tô triste com isso querida...obrigada por se preocupar em me avisar. Vou lá ver a sua homenagem flor.
Beijinhos.


Isalindaaaa, vou lá agora!
Beijinhos.


Irene Moreira, querida muito obrigada por responder aqui no meu cantinho.
Então...eu vi o post assim que vi vc fazer esta homenagem, pois bem na época que ela postou sobre a doença, eu estava numa correria louca por causa de trabalho, e acabei não conseguindo ir aos blogs amigos! No mês passado deixei uma mensagem para ela no outro blog, o café e poesia, perguntando se ela estava bem pq até então, eu sabia que ela andava reclamando de depressão, muitos altos e baixos...não sabia depois o que virou sabe...lamentável, fiquei chocada...não imaginava...pensa no susto que levei, não sabia disso....fiquei olhando o livro dela de novo, a dedicatória tão doce que fez p/ mim, uma mulher tão nova...não aguento mais essa doença sabe flor, ela tbm levou a minha mãe a quase 4 anos e eu ainda sofro muito de saudades! Enfim, que ela esteja amparada aonde estiver, imagino que deva ser um lugar lindo como o sorriso dela (eu sempre a elogiava pelo sorriso bonito), e agora sabemos que existe mais uma estrela brilhando no céu...a linda Glorinha!
Beijinhos minha flor, e muito obrigada pelo carinho e atenção.



Fabiano querido, é mesmo um dom divino! Muito bonito da sua parte este comentário.
Beijinhos.


Flores e Luz.

Rosicler disse...

Olá :)

Deixei um selinho no meu blog para ti. Convido-te a visitar e a participar!

Beijinhos,
Rosicler

Lua Negra disse...

Que todas as canções sejam sempre cantadas para revelar a fagulha divina da sagrada mãe.
Beijinhos de lírios.
Lua.
http://naturezadeluanegra.blogspot.com.br/