sábado, 27 de fevereiro de 2010

Ser Bruxa


Este é um lindo texto para desmistificar a palavra Bruxa.


SOU UMA BRUXA PORQUE...


Sempre que abro os olhos, ao despertar, me emociono por mais um dia para viver, livre e comprometida com as coisas e as causas da Grande Mãe. Neste momento, procuro refletir a respeito dos tantos dias que nos foram tirados, por inveja, injúria e cobiça, e peço luzes e força a Deusa Mãe para o dia de hoje.


Sou uma bruxa porque, ao abrir as janelas e respirar o ar da manhã, agradeço à Deusa pelo dom da vida e celebro o Pai ar pela sua presença em mim.

Sou uma bruxa porque, ao me alimentar, celebro aquele bendito alimento e bendigo todos aqueles que contribuíram com seu trabalho para que o mesmo chegasse à minha mesa.

Sou uma bruxa porque, sempre de alguma forma renasce o amor em mim, e minha alma agradecida transmite luz.

Sou uma bruxa porque sempre me envolvo e me comprometo a serviço da justiça e da paz no mundo.

Sou uma bruxa porque estou sempre insistindo em abrir as portas do meu coração, para transmitir os ensinamentos dos antigos e facilitar o despertar da grande arte nos corações dos que me cercam.

Sou uma bruxa porque estou sempre acendendo um fósforo sem maldizer a escuridão.

Sou uma bruxa porque busco a verdade sem jamais me conformar com a mentira e o subterfúgio.

Sou uma bruxa porque sempre renuncio ao egoísmo e procuro ser generosa.Sou uma bruxa quando sorrio para alguém, mesmo estando muito cansada, pois conheço o valor do sorriso.

Sou uma bruxa quando preparo um chá que vai curar, ou pelo menos amenizar a enxaqueca daquela vizinha chata.

Sou uma bruxa quando tomo um animal em meu colo para lhe amenizar a dor. Quando planto e colho uma erva e agradeço a Gaia por tamanha dádiva.

Sou uma bruxa quando persigo a luz de uma estrela com o olhar e o coração nas trevas que nos circundam. Quando levo a fé nos Deuses por entre linhas, apenas com minhas ações.

Sou uma bruxa quando, em rijo, sinto o rio do sangue da vida que escoa nas minhas entranhas. Quando sou fogo que estimula o coito, e água que transforma e modifica cursos.

Sou uma bruxa porque me aconchego no seio sagrado da terra, voltando ao colo sagrado. Quando abro o círculo invocando os ventos do norte, buscando no canal dos antigos o néctar do renascer.

Sou uma bruxa porque quando falo em liberdade me sinto águia. Quando falo de sabedoria me sinto coruja, e quando falo do belo me sinto arara.

Sou uma bruxa porque estou sempre atenta ao perfume, que não posso derramar no próximo sem que também me atinja, e a lei tríplice se faz em mim.

Sou uma bruxa quando vivencio o sabor do pão partilhado. Quando procuro pedir perdão e recomeçar.

Sou uma bruxa quando me recolho ao silêncio perante um julgamento preconceituoso ou injusto a meu respeito, e entrego ao tempo, o único pólo óptico da verdade imutável.

Sou bruxa quando desenvolvo em meu ser a humildade de viver e morrer como o grão de trigo, para depois frutificar searas de luz, de tenacidade e de esplendor.

Sou uma bruxa porque estou sempre ressurgindo das cinzas como Fênix.

E assim, retomo a minha vivência concreta, cujo itinerário principal é a minha Deusa interior, forte, guerreira, translúcida, serena e amorosa a despertar em mim.Por tudo isso sou uma bruxa! (AD)


Flores e Luz.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Ritual de conexão com a Deusa Bastet

Faça um circulo de flores brancas, dentro faça um pentagrama com erva de camomila, com a vela e incenso de jasmin no centro do pentagrama, coloque o caldeirão e escreva no papel o seu pedido. Jogue dentro do caldeirão mentalizando o que voce deseja. Fale três vezes o nome de Bastet fazendo a sua invocação. Depois queime o pedido.

CONECTANDO-SE COM BASTET:

"DEUSA DA MAGIA
COM O SEU BRILHO RADIANTE
ILUMINE OS MEUS PENSAMENTOS
MOSTRANDO PARA MIM
A ALEGRIA DE VIVER
A SATISFAÇÃO DE MINHAS CONQUISTAS
PROTEJA OS MEUS SONHOS
FORTALEÇA A MINHA SAÚDE
DAI-ME FORÇA E SABEDORIA
PARA MINHAS CONQUISTAS
QUE ASSIM SEJA E ASSIM SE FAÇA".

Flores e Luz.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Gelatina das Fadas


Receitinha de dar água na boca...hummm...

*2 copos de guaraná gelado
*1 lata de leite condensado sabor morango
*1 lata de creme de leite gelado
*2 caixinhas de gelatina em pó sabor morango
*1 lata de compota de pêssegos
*1 copo de água fervente alguns morangos frescos grandes e perfeitos
para decoração do prato

Dissolva bem a gelatina com água fervente e junte o guaraná, o leite condensado e o creme de leite com soro. Misture bem e bata no liquidificador.

Depois de bem batido, deite em uma forma previamente gelada e molhada (escorrida na hora), cubra com filme plástico e conserve na geladeira até o dia seguinte.

À hora de servir, desenforme em um prato e guarneça com a compota de pêssegos e morangos frescos.


Flores e Luz.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Festa da Mãe D'Agua Yemanjá


Hoje quero falar de Yemanjá, a linda Deusa do Mar.

Yemanjá ou Ymojá é uma das maiores deusas africanas. Em sua pátria, ela era a iorubá regente do Rio Ogum, filha do mar, para cujo seio ela fluía. Era também a Mama Watta, a Mãe D'Agua, que deu origem a todas as águas e gerou inúmeras divindades. Mesmo dormindo, ela criava, incessantemente, novas fontes de água. Era representada como uma mulher madura, com seios volumosos, longos cabelos negros, cercada de conchas e peixes, já que seu verdadeiro nome - Yéyè Omo Ejá - significa "Mãe cujos filhos são peixes".
Os vários nomes a ela atribuídos, na verdade, representam os sete caminhos pelos quais chega-se ao local de sua origem: mar, lagoa, rio, fonte, espuma, ondas e arrecifes.
Seu culto atravessou o Atlântico, difundindo-se nas religiões afro-brasileiras, na santeria de Cuba etc. Ela foi sincretizada à Virgem Maria, adotando vários de seus nomes conforme o local de culto.

Sintonize-se com a imensa egrégora criada pelos adeptos de Yemanjá. Vista roupas brancas e leve uma oferenda para perto da água do mar, rio ou lagoa. Podem ser flores, colares, pulseiras, moedas, perfume, pentes, sabonetes, espelho ou champanhe. Agradeça a Yemanjá a proteção e peça-lhe um Ano Novo com muita luz, paz, saúde e amor, saudando-a na forma tradicional "Odó Iyá"! (Fonte: Mirella Faur)

Flores e Luz.