quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Reflexão


"Nunca duvide que um pequeno grupo de cidadãos
conscientes e comprometidos pode mudar o mundo;
de fato, é a única maneira disso acontecer."
(Margaret Mead)


Flores e Luz.


terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Em minhas Águas


Ofereço a ti um pouco das águas que correm em mim
Meu sangue, meu fluxo, meus fluidos, meu sentimento
Minha emoções, minhas lágrimas
E no mar ora calmo, ora agitado das minhas emoções
Te banho com a forma mais pura de amor
Através das espumas de Afrodite

Posso ser Ela para ti
E te fazer ser o Sol, meu Apolo
Brilhante e reluzente

Mas devo confessar que também serei a tua Perséfone
Que te conduzindo através do mar profundo de Netuno
Te fará encontrar com todo o mistério que existe em ti

Tua sombra se revelará
E no reino de Hades dormirás
Para novamente despertar
Mais sensível, mais rico, mais profundo
Para mais uma vez me encontrar como tua Afrodite

E neste ciclo eterno serei sempre tua
Ora Perséfone, ora Afrodite
Como as ondas do mar
Como meus próprios fluxos
E as cascatas de meus cabelos

Te ensinarei a amar e ser amado
Por inteiro, por completo
E tu me reverenciarás como a Deusa em tua vida
Como a mulher que te ama
Como a Rainha nunca esquecida.

( autora: Anna Leão)

Flores e Luz.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Magia do Mel e da Canela


Magias de cura pelo Mel de abelhas.

A revista “Weekly World New” no Canadá, na sua edição de 17 de Janeiro de 1995, publicou uma lista das doenças que são curadas pelo mel misturado com canela.


DOENÇAS DO CORAÇÃO

Faça uma pasta de mel com canela. Coloque no pão e coma-o regularmente no café da manhã no lugar de manteiga e geléia.Reduz o colesterol nas artérias e previne problemas no coração.Também previne novos enfartes nas pessoas que já tiveram um antes.O uso regular deste processo diminui a falta de ar e fortalece as batidas do coração.Nos estados unidos e Canadá, se utiliza esta pasta continuamente nos asilos, descobriu-se que o mel com canela revitaliza as artérias e veias dos pacientes idosos e as limpa.


PICADAS DE INSETOS

Misture 1 colher (café) de mel, 2 colheres (café) de água morna e 1 colher (café) de canela em pó.Faça uma pasta com os ingredientes e esfregue-a suavemente sobre a picada.A dor e a coceira irão desaparecer em um ou dois minutos.


ARTRITE

Misturar 1 xícara de água quente com 2 colheres (sopa) de mel e 1 colher (café) de canela em pó.Beber uma de manhã e outra à noite. Se tomar com frequência pode até curar a artrite crônica.Numa pesquisa feita a universidade de Kopenhagen os médicos deram aos seus pacientes diariamente, antes do café da manhã, uma colherada de mel e 1/2 de canela em pó. Em uma semana, de 200 pacientes que seguiam o tratamento, 75 deixaram de ter dor inteiramente.Um mês depois todos os pacientes estavam livres de dor, mesmo aqueles que quase não conseguiam já caminhar.


PERDA DE CABELO

Os que sofrem de calvície ou estão perdendo o cabelo, podem aplicar uma pasta feita de azeite de oliva morno, 1 colher (sopa) de mel e 1 colher (cafè) de canela em pó no coro cabeludo. Deixar por 15 minutos antes de lavar.


INFECÇÕES DE RINS

Um copo de água morna misturada com duas colheradas de canela em pó e uma colherada de mel, mata os germes que produzem infecção nos rins. Tomar de manhã e de tarde até que a infecção acabe.


DOR DE DENTES

Fazer uma pasta com 1 colher (café) de canela e 5 colheres (café) de mel e aplicar no dente que está doendo, repita pelo menos 3 vezes ao dia.


COLESTEROL

Duas colheres (sopa) de mel com 3 colheres (café) de canela misturadas em meio litro de água. Deve tomar-se 3 vezes ao dia, isto reduz o colesterol em 10% em 2 horas… Tomando diariamente elimina o colesterol completamente.


RESFRIADOS

Para curar completamente sinusites, tosse crônica e resfriados comuns, misturar uma colherada de mel morno com 1/4 colherada de canela em pó e tomar com frequência. A mistura de mel com a canela também alivia osgases no estômago, fortalece o sistema de imunidade, e alivia a digestão.


PERDA DE PESO

Diariamente, meia hora antes de deitar e meia hora antes de tomar o café, beba mel com canela numa xícara de água. Se beber todo dia reduz o peso até de pessoas muito obesas.


DOR DE GARGANTA

Tome de quatro em quatro horas uma colherada de mel misturada com meia colher de vinagre de sidra.
(fonte: Magia Zen)
Flores e Luz.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Caminho Sagrado


"As mulheres honram o seu Caminho Sagrado quando se dão conta do conhecimento intuitivo inerente a sua natureza receptiva. As mulheres precisam aprender a amar, compreender, e, desta forma, curar umas às outras. Cada uma delas pode penetrar no silêncio do próprio coração para que lhe seja revelada a beleza do recolhimento e da receptividade". (Jamie Sams)

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Prece para o despertar de Ísis


Aos poucos estou mostrando o que vim fazer por aqui. Já falei das lindas Borboletas, e agora quero postar um rito em homenagem à minha amada Deusa Ísis. Amo esta linda e abençoada Deusa dos dez mil nomes, pois todas são Ísis.

É claro que Ísis não precisa ser despertada, pois é uma Deusa sempre vigilante.
As preces e orações servem de conexão entre nós Sacerdotisas com a nossa Deusa amada, e também para despertar espiritualmente seus Templos. Esta prece simboliza o sorriso de Ísis e o brilho cor-de-rosa que precede o nascer do Sol dando as boas vindas ao novo dia. As flores da manhã se abrem aos toques dos dedos de Ísis...

Este rito pode ser entoado em qualquer local, sob quaisquer condições. Também pode ser usado a qualquer tempo, quando você precisar despertar para a presença do divino.
(A imagem acima simboliza a adorada Sacerdotisa que me habita.)
"PRECE PARA O DESPERTAR DE ÍSIS"

Despertai, despertai, despertai
Despertai em Paz
Senhora da Paz
Levantai em Paz
Levantai em beleza,
Deusa da Vida
Bela no paraíso,
O céu está em Paz
A terra está em Paz
Oh Deusa
Filha de Nut,
Filha de Geb,
Amada de Osíris,
Deusa rica em nomes!
Todo louvor à Vós
Todo louvor à Vós,
Eu vos adoro
Eu vos adoro
Senhora Ísis.

Flores e Luz.




terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Metamorfose Ambulante


Prefiro ser essa metamorfose ambulante

Prefiro ser essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Quero dizer agora o oposto do que eu disse antes

Prefiro ser essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Sobre o que é o amor Sobre que eu nem sei quem sou

Se hoje eu sou "estrela" amanhã já se apagou

Se hoje eu te odeio, amanhã lhe tenho amor

Lhe tenho amor

Lhe tenho horror

Lhe faço amor

Eu sou um ator

Chato chegar a um objetivo num instante

Quero viver nessa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Sobre o que é o amor... etc.

Vou desdizer aquilo tudo que eu lhe disse antes

Prefiro ser essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Vivo a viver a vida no segundo e no instante

Prefiro ser essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

(Raul Seixas)


Esta música fala de mim...


Flores e Luz.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Jardim Florido


Tudo é belo na natureza agreste,
criação divina...
Mais o arco-íris colorido
de um jardim florido,
nos inspira pela sensibilidade e magia...
A suavidade do aroma trazido pelo vento,
enleva-nos o espírito
a transcender ao firmamento celeste
em busca de paz interior...
Despertando em nossos corações
a chama do amor
a essência da vida.
(autor: Elias Akhenaton)


Flores e Luz.


sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

As Borboletas em minha Vida




Quem me conhece sabe, eu amo as borboletas desde pequenininha. Vou até relatar uma história importante na minha vida pela delicadeza, e também por conta de ser um dos momentos mais bonitos que tive com meu saudoso paizinho.


Sempre via e ficava encantada com as borboletas voando no jardim da casa do vovô e da vovó, me lembro bem de um pé de Manacá que havia bem no centro do jardim da casa deles, me lembro do perfume, do colorido e lógico, das lindas Borboletas! Já na minha casa lembro de vê-las voando mais em um terreno que havia ao lado, aonde de vez em quando eu brincava com meu irmão e amiguinhos. Um dia vi uma coisinha verdinha com um filhete dourado tão bonitinho e fiquei curiosa para saber o que era! Meu pai foi olhar e me disse que era uma casinha de borboleta, um casulo! Me contou que as lagartinhas coloridas viravam aquele casulo e que dele nascia uma linda Borboleta! Fiquei encantada, me lembro até hoje dos meus olhinhos grandes entusiasmados de poder ver aquilo, e curiosa claro, para ver a Borboleta nascendo! Fui pra casa com meu pai e ele pregou uns preguinhos na parede perto do tanque, num lugar que tinha um cobertinho; voltamos no terreno e ele me ensinou a pegar o casulo delicadamente. Chegando em casa ele pegou um pedaço de linha da minha mãe e amarrou no cabinho do casulo e pendurou lá, no preguinho. Me disse que era para eu sempre olhar o casulo que eu iria ver a Borboleta nascendo, e adivinha, todo o dia eu estava lá, várias vezes por dia olhando aquele casulinho verde claro com um filhetinho dourado. E eis que um dia, o casulo ficou transparente, e eu podia ver a Borboletinha lá dentro, tão linda! O casulo foi ficando mais e mais transparente,, com a casquinha bem fininha, e eis que a Borboleta começou a nascer empurrando suas asas para fora até se desvencilhar daquele casulo que a havia protegido. Eu fiquei muito encantada olhando aquela linda e delicada criatura com suas asinhas alaranjadas e pretas com pequenas bolinhas brancas. Foi um momento muito mágico na minha vida! A partir daquele dia, eu sempre pegava casulos no terreno e trazia para o meu pai me ajudar a pendurar, pois eu devia ter uns 5 ou 6 anos de idade só! Enquanto morei naquela casa vi muitas delas nascendo, se fortalecendo e voando! Lindas e livres!


Meu amor pelas lindas e delicadas Borboletas cresceu cada vez mais, e eu sou uma apaixonada por estes serzinhos alados, que para mim nada mais são do que Fadas disfardas de Borboletas.




Flores e Luz.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

As Fadas


Hoje, convidei as fadas

para alegrar você.


Ah! Fadas existem

Vivem a nos presentear.


Nas manhãs,

tocam os botões

que perfumam os jardins.


Fazem as ondas no mar dançar

e tingem o céu de anil.


Nas tardes, conduzem

os pássaros que

voam rumo ao ninho.


Nas noites...

Pincelam o céu de estrelas

pra ver a lua sorrindo.


E voam ao seu redor...

Cobrem de luz o seu cantinho...

(AD)


Flores e Luz.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Chuva de Pétalas de Rosas


As rosas são flores maravilhosas e tem um poder muito grande.
Suas pétalas são suaves e podem ajudar a limpar a nossa aura.
Fisicamente ou na sua imaginação, mentalize uma chuva de pétalas de rosas,
a cor que lhe vier na cabeça.
Sinta-se purificado e em sintonia com essa energia especial!!!

ROSA: amor

VERMELHA: força e energia

VERDE: cura

AZUL: paz interior

BRANCA: pureza

Imagine pétalas de rosas no seu caminho, principalmente se precisar de luz ou indicação para onde ir. Deixe que as rosas te guiem.

Que as bênçãos das rosas te guiem e limpem o teu caminho!!!
(Fonte: maegaia)


Flores Luz.

sábado, 9 de janeiro de 2010

Magia das Deusas


Todas as Bruxas tem um pouco de cada Deusa e, chegou o momento de você lidar com todas as suas facetas.
Em vez de ficar cobrando de si mesma “coerência” ou “lógica”, aceite que você é um ser humano de múltiplos aspectos, alguns contraditórios.
Aceite-se como você é e, desperte dentro de você as qualidades das deusas.
Procure harmonizar-se com:

A vaidosa Afrodite,
A maternal Deméter,
A ousada Ártemis.

Experimente com o máximo de intensidade cada uma dessas qualidades que habitam seu ser.

Para se integrar com Afrodite, aguarde a fase da lua cheia e prepare uma infusão com pétalas de rosa cor-de-rosa.
Tome esse banho mágico ao anoitecer e mire-se nua no espelho. Admire cada curva do seu corpo e faça uma auto-massagem com óleos de ervas, sentindo a suavidade da sua pele.
Passe seu perfume favorito e vista-se com uma roupa bem bonita acompanhada de adornos delicados.

A maternal Deméter, pode ser invocada por meio dos afazeres domésticos.
Prepare um bolo de chocolate bem gostoso e bonito, enquanto conversa com a deusa, que lhe trará harmonia familiar e paz doméstica.

A ousadia de Ártemis pode ser obtida por meio da integração com a Natureza.
Busque um contato maior com as plantas e animais.
Afinal, ela é a deusa da caça, e sabe que a natureza só dá aquilo que merecemos - se você respeitá-la, a deusa certamente saberá retribuir.

E não esqueça, todas sempre alegres e felizes!
Flores e Luz.


(fonte: Magia Zen)

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Sementes Estelares


“As sementes estelares” são seres com a missão específica de assistir o Planeta Terra e sua população na entrada da Era Dourada, na virada do milênio. Isto não significa que sejam pessoais especiais ou mais dignas que outras; são pessoas como eu e você, desempenhando um papel único onde quer que estejam: nas escolas, nos hospitais, no atendimento ao público, nas mídias, nos governos, nos grupos filosóficos, nas pesquisas científicas e onde mais sejam necessárias na construção do novo paradigma terrestre. Pessoas que não se encaixam nos padrões de conduta ditos normais porque trazem em seus corações as sementes para o surgimento de uma nova humanidade. Nem sempre são compreendidos ou aceitos; são pessoas, consciente ou inconscientemente, dedicadas a servir ao Propósito Divino e aprendendo a amar, realizando esta missão. A grande maioria não lembram quem são e precisam dos mais despertos para resgatá-los. São anjos de uma asa só, quando se abraçam são capazes de voar... "Onde eles estiverem a Terra será transformada"


(Fonte: Blog Sementes Estelares)

domingo, 3 de janeiro de 2010

A Mulher Sábia


A mulher sábia e Clara subiram até o cume da montanha enquanto a noite morria e as serpentes voltavam às suas covas. A mulher centenária deixara a bengala de lado no começo da subida e continuava a andar num passo regular. O nascimento da aurora era acompanhado por um vento suave e, pouco a pouco, os templos de milhões de anos saiam das trevas. Logo, o azul do Nilo e o verde das terras cultivadas cintilariam sob os raios do sol ressuscitado. Quando o pico se iluminou, a mulher sábia elevou as mãos na direção dele, num gesto de oração - Deusa do Silencio, você que me guiou ao longo de toda a vida, guie minha discípula que sobe na sua direção. Que ela repouse na Sua mão de noite e de dia; atenda-a quando ela chamar por você, seja generosa e mostre-lhe a extensão de Seu poder. No pico escavado na pirâmide, havia um pequeno santuário.- Faça uma oferenda - ordenou a mulher sábia. Clara pôs no chão a flor de lótus do cabelo, seu colar e as pulseiras. - Prepare-se para o combate supremo. A Deusa que conhece os segredos, concede a vida e a morte. De repente surgiu da gruta uma naja real de olhos de fogo, deixando a jovem assustada com o seu tamanho. A raiva inchava-lhe o pescoço e ela estava pronta para atacar.- Dance Clara, dance como a Deusa. Morta de medo, a esposa de Nefer, o silencioso, conseguiu acompanhar os movimentos do réptil assustador. Inclinava-se da esquerda para a direita, depois da direita para esquerda, de frente para trás, no mesmo ritmo que a naja, que parecia desapontada - Quando ela atacar, curve-se bem na minha direção, sem deixar de olha-la. Clara venceu o medo. Fascinada pela beleza da Deusa, começava a perceber Suas intenções. Quando a naja se lançou bruscamente na direção de sua garganta , a sacerdotisa de Hathor seguiu as instruções da mulher sábia. Clara evitara a mordida, mas sua túnica estava maculada com o veneno cuspido pela naja, ainda mais furiosa por causa do fracasso.- Dois ataques ainda – preveniu a iniciadora. O réptil não parava de ondear e Clara imitava-o. Por duas vezes a cobra tentou, em vão, fincar as presas na moça.- Agora domine-a! Beije-a na cabeça. Como se estivesse esgotada a naja mexia-se com menos vigor. E quase imperceptivelmente, recuou quando Clara avançou em sua direção. Embora invadida por grande ansiedade, Clara ficou o olhar nos olhos do réptil e pôs os lábios no alto da cabeça do animal. Surpresa a serpente ficou quieta -Tememos a Sua severidade- disse-lhe a mulher sábia- mas esperamos a Sua docilidade. Esta que a venera é digna da Sua confiança. Abra-lhe a mente e permita-lhe curar os seres em Seu nome. A serpente ondeava devagar -Recolha o poder da Deusa, Clara. Que Ela penetre o seu coração. Pela segunda vez a esposa de Nefer beijou o monstro, que parecia dócil. - Que a comunhão de vocês seja selada por um terceiro e ultimo beijo. Pela ultima vez, a mulher e a naja tiveram um contato intimo - Saia rápido! Ordenou a mulher sábia. Se não estivesse atenta , Clara tria sido surpreendida pelo brusco ataque do réptil. Mas soube esquivar-se e só recebeu um ultimo jato de veneno.- O fogo secreto foi-lhe transmitido- sentenciou a mulher sábia. Lentamente a naja voltou ao santuário. - Tire a túnica e purifique- se com o orvalho das pedras do cimo. A mulher sabia deu a Clara uma túnica branca que lhe teria servido de mortalha se não saísse vitoriosa da prova. -Vou-me embora e você será minha sucessora. Não, não proteste! Meu tempo de vida foi longo, muito longo, e é bom que ele termine. Lembre-se que as plantas nasceram das lagrimas e do sangue dos deuses e, por isso, elas têm o poder de curar. Você está viva mas existem almas errantes e demônios destruidores que jamais deixarão a paz se instalar nessa terra. Graças à sua ciência , você sempre lutará contra eles. Deus criou tudo o que está em cima e o que está embaixo e ele vira até você como um sopro de luz. Não tem de acreditar nele e sim conhecê-lo e testá-lo.- Por que se recusa a viver por mais tempo? - Meu centésimo décimo ano está terminado. Mesmo que minha mente esteja intacta , o corpo está gasto. Os canais estão endurecidos , a energia já não circula mais e nem a melhor medicina poderá devolver-me a juventude.(...)- Tenho tantas perguntas a fazer!- Chegou a hora de dar as respostas. Todos os dias será interrogada e exigirão que alivie os sofrimentos. Agora você é a mãe da confraria e todos os moradores do povoado são seus filhos. A jovem teve vontade de protestar e de recusar a enorme carga que recaia sobre seus ombros, mas a forte claridade da manhã a deixou muda. - Desçamos- ela exigiu. – Vá na frente.Clara pegou a estreita trilha, sem saber que passo tomaria. Deveria andar no seu ritmo, ou caminhar lentamente para não obrigar a mulher centenária a se apressar? Indecisa ela se virou depois da primeira passagem sinuosa. A mulher sábia desaparecera. Clara voltou ao cume, procurou por aquela que lhe dera tudo, mas não a achou. A mulher sábia evaporara, com certeza ocultando-se em alguma caverna onde daria o ultimo suspiro, no silencio da montanha. Clara ficou em silêncio pensando nas horas maravilhosas que passara ao lado do ser que lhe abrira tantos caminhos , que agora continuaria a percorrer sozinha. Ela desceu lentamente na direção do povoado, saboreando seus últimos momentos de calma antes de se tornar a mulher sabia do Lugar da Verdade.

A Pedra da Luz de Christian Jacq