segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Dodói

Gente!!!
Estou dodói, resfriada urghhh...então desculpem-me pela ausência.
Assim que melhorar eu volto e respondo todos os comentários tão carinhosos que me deixaram no post da blogagem coletiva.

Beijinhos....Atchinnnn...ops...rs.

Flores e Luz.

14 comentários:

Isadora disse...

Minha amiga, melhoras e que você fique boa rapidinho!
Beijinhos

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

As melhoras!!

jana-arts disse...

Oi Mônica,

Desejo do fundo do coração que você fique boa logo.

Beijinhos.

Daniele O disse...

Oi!
Estou lhe enviando muitas energias para que melhore!
Tome chá bem quentinho !
Bjs
Ser Estranho Ser!

Açuti disse...

Oiii flor,

melhoras...estamos doentes por aqui tb!!!
bjkssss

Yoyo Pizy disse...

Esse tempo descontrola todo o nosso organismo.
Que as fadinhas se reunam para trazer de volta a sua saúde e boas enregias.
Bjo no core

Tato disse...

Oi Monica!
Espero que esteja melhor, e volte logo a vida corridinha.
Sempre muito bom te-la lá no meu mundinho e todo o carinho dispensado por lá!

Aqui o frio deu uma trégua, e os dias estão mais fáceis, o frio está bastante razoável por agora, esperamos que assim permaneça.
Vc sabe, que uma das coisas que me preocupa é justamente saber que a maioria das casas por aqui, não tem sistema de calefação, as vezes o máximo que consta nessas casas menos afortunadas é um fogão a lenha, que faz as vezes de uma lareira também. Mas como tudo se dá um jeito os que tem um abrigo ainda sobrevivem, pior são os desabrigados e os animais na rua. É o preço de quem mora na região sul, invernos bastante rigorosos e verões quentes. Mas eu particularmente adoro isso tudo, afinal convivo com isso desde a minha infancia, quando ia para o colégio sentindo o gelo se partir sob os meus pés.
Bj meu uma linda semana e que melhore logo viu?
Tato

Veronica Kraemer disse...

Mô querida, te desejo melhoras, e que volte rapidinho!!!
Beijossssssssssssss pra ti
Vero

Socorro Melo disse...

Fique bem. Não esqueça que é importante descansar bastante e tomar muito líquido, rs (pareço minha mãe falando).

Beijos
Socorro Melo

Jacky Simionato disse...

Oi flor,
que triste, vc dodoi!
Espero que melhore logo.
É muito ruim ficar doente =(

beejo querida.

Açuti disse...

Oiii Flor,

está melhor???

Mande notícias...

bjkssss

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Oi gente linda!
Muito obrigada pelo carinho e atenção.
Eu estou melhor sim, meio lerdinha mas estou melhorando a cada dia.
Obrigada de coração à quem passou por aqui e deixando desejos de melhoras a esta Fadinha resfriadinha rsrsrs. Tenho certeza que vcs me ajudaram muito com suas vibrações. Grata, grata, grata!
Beijinhos.

Muitas Flores e Luz para todos vcs.

j maria castanho disse...

Rápidas melhoras e que A deusa te rejuvenesça todos os dias...

acta nupcial

Nesta Lua Nova, sexta-feira, dia treze do oitavo mês
Estou em Uruk, meu amor, a vinte e cinco séculos de ti
E as árvores são as mesmas árvores cuja sombra te abrigou
Os animais rareiam mas são tão iguais aos que perseguiste
Excepto aqueles que nunca cheguei a conhecer se extinguiram
Os mesmos rios correm com idênticas águas sempre outras
O Tigre e o Eufrates antes cristalinos e insubmissos fluem
Agora tímidos e sujos e estagnam em barragens avulso
Os homens e mulheres já não flanam em sedas, linhos e lãs
E os brocados perderam as figuras geométricas que os esculpiam
Os losangos, círculos e triângulos da incógnita decimal divina
Nem inquietas danças balançam sob a sua passagem fugaz.

Mas esta esquina é a mais frequentada da cidade desde cedo
E nunca me falta trabalho, às vezes ainda se não vê claro e já
Tenho agricultores ou ricos negociantes para grafar contratos
Viúvas que querem mandar cartas a seus filhos e mais parentes
Nem nunca me faltam as tabuinhas de alabastro e terracota
E a deusa Inanna protege ciosamente altiva os seus súbditos
Porque Inanna, deusa do amor e da fecundidade, também é fiel
Súbdita incansável de Arina cuja luz a todos igualmente ilumina
Incluindo Gilgamesh, Enkidu ou até o sobrevivente Shuruppak
De quem o dilúvio quase tornou o único homem sobre a terra,
Embora se saiba hoje que não foi assim, pois todos aqueles
E aquelas que ao momento adoravam A Deus nos altos píncaros
Dos montes se salvaram ilesos e íntegros na carícia do vento
Como quaisquer frutos altaneiros a que as águas não atingem
Ou o voo das aves se torna impróprio ante encascada polpa.

Foi a principal prova do poder e gratidão de A Deus entre nós
De como o seu louvor é benfazejo e imaculado e são e puro
E de como nele os netos dos homens se fazem à medida avós
E de como o mundo todo é seu templo sem cúpulas nem muro.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Obrigada amigo tão querido pelo seu carinho. Amei.

Flores e Luz.