quinta-feira, 6 de maio de 2010

Deusa Vila

Dia consagrado à Deusa eslava Vila ou Samovila, representando a força da natureza.
Como protetora das florestas, dos animais e reguladora das chuvas, Vila aparecia para os caçadores como uma mulher bonita, com longos cabelos louros, asas coloridas e trajes brilhantes. Feroz protetora dos animais e de seus filhotes, ela não hesitava em matar aqueles que caçavam ou maltratavam os animais em seu habitat.
Vila podia metamorfosear-se em serpente, cisne, falcão, cavalo ou redemoinho, iludindo e desviando os caçadores.
Ela também era detentora dos segredos da cura com plantas e ervas.
Se alguém queria ser por ela guiada, deveria ir bem cedo a uma floresta, fazer um círculo com galhos de bétula, oferecer-lhe uma ferradura e um pedacinho da crina de uma égua.
Imitando o relinchar da égua e batendo com o pé direito sobre a ferradura, o suplicante podia chamar Vila e , quando ela aparecesse, saudá-la como "Grande Irmã" e pedir-lhe a iniciação nos segredos das ervas. (autora: Mirella Faur)

Flores e Luz.

Um comentário:

Daniele O disse...

Olá!
Passei por aqui para retribuir a visita, muitos beijos de luz.
Ser Estranho Ser!