quinta-feira, 1 de outubro de 2009


"Vivo para florescer outros jardins e sem perceber o meu se abarrota de "rosas e manacás..." Vivo cada dia como se fosse cada dia. Nem o último nem o primeiro - o único". (Pablo Neruda)

Nenhum comentário: