domingo, 16 de agosto de 2009


"Foi perdendo o medo de abrir minhas cortinas, que vi flores e borboletas, na transparência do novo dia." (AD)

Nenhum comentário: